[ editar artigo]

Você conhece o Epi-no?

Você conhece o Epi-no?

Você sabia que existe um dispositivo capaz de ajudar na preparação do corpo para o parto normal? O nome desse instrumento é Epi-no, e ele trabalha diretamente no fortalecimento do assoalho pélvico. Mas, por que isso é tão importante para as futuras mamães? Calma! Vamos tirar todas as suas dúvidas sobre o assunto!

Primeiramente, o que é episitomia?

O nome Epi-no vem de “não à episitomia”, então é muito importante que antes dos detalhes, nós expliquemos como funciona esse procedimento.  

A episiotomia é o procedimento cirúrgico realizado no momento do parto (com anestesia) em que o médico faz um corte na região do períneo, a área muscular entre a vagina e o ânus, para aumentar o canal de saída da cabeça do bebê. Os obstetras adotaram como padrão realizar esse incisão na mulher para que o bebê nasça com mais facilidade, porém em muitos casos não é necessário. Sem contar que eles podem até fazer uma abertura maior do que realmente seria necessário. Essa é apenas uma das intervenções médicas que não tem base científica para serem realizadas. Por isso é tão importante que as gravidinhas se informem durante a gestação.

O que é o Epi-no?

Na prática, é um aparelho feito de silicone inflável, ligado a um medidor de pressão, que simula a cabeça do bebê! Ele serve para que a mulher treine o assoalho pélvico da vagina até o momento do parto. O dispositivo foi criado na década de 1990, por um médico alemão, justamente para evitar que a episiotomia fosse feita em todos os partos normais.

Como é feito o seu treino?

Para utilizar o Epi-no, basta usar a insuflação progressiva do balão. Com o balão insuflado, é possível ainda alongar o musculatura do períneo e ainda treinar a expulsão, simulando a força necessária no momento do nascimento do bebê. A insuflação deve ser realizada de acordo com a tolerância de cada mulher, em períodos de treinamento de aproximadamente 10 minutos.

Quais os benefícios do Epi-no?

Estudos científicos demonstram que o preparo perineal apresenta resultados positivos na redução de taxas de episiotomia e lacerações durante o parto vaginal. O fortalecimento da musculatura do assoalho pélvico feito pelo Epi-no traz inúmeras vantagens para gestantes, tais como o ganho de força muscular e a promoção da consciência corporal da região perineal, o que facilita (e muito) o trabalho de parto e o próprio parto. Outros benefícios a longo prazo são a manutenção da postura com melhora significativa nas queixas de dores lombares e o ganho considerável na qualidade da vida sexual.

Quando o Epi-no pode ser usado?

A gestante pode iniciar o treinamento com o Epi-no a partir da 37ª semana, após liberação do médico ou enfermeiro obstetra que está acompanhando o pré-natal.

É imprescindível que seja feita uma avaliação das funções musculares antes de dar início ao treino para que o fisioterapeuta faça as devidas adaptações de acordo com as condições de cada mulher.

Você já tinha ouvido falar no Epi-no? Certamente muitas mulheres ainda desconhecem esse aparelho! Compartilhe esse conteúdo e leve a informações a mais gestantes! Com certeza, essa será uma ótima novidade em suas vidas!

TAGS

epi-no

Comunidade Alô Bebê
Alô Bebê
Alô Bebê Seguir

Redação - Alô Bebê

Ler matéria completa
Indicados para você