[ editar artigo]

Passo a passo: Como trocar a fralda do bebê

Passo a passo: Como trocar a fralda do bebê

Você sabia que nos primeiros meses de vida, os bebês usam, em média, de 8 a 10 fraldas por dia? Os números podem até assustar, mas uma coisa é certa: quanto antes você dominar a arte da troca de fraldas, mais prática e divertida será a rotina com seu filho!

Momentos de muito cuidado e higiene são recorrentes após a chegada do recém-nascido. No princípio, pode ser que realmente os pais demorem mais tempo na execução destas tarefas, mas a prática leva a perfeição! As trocas de fraldas vão se tornar rotineiras, e com o tempo, a insegurança dará lugar a diversão. Por que não aproveitar cada segundo com seu bebê, incluindo brincadeiras e músicas na hora da troca? Cuidar do seu bebê, dedicar atenção e tempo, apenas fortalece os laços familiares!

O que é necessário para realizar a troca?

Trocador. Indicamos um trocador alto para que os pais não precisem dobrar as costas durante a troca, o que traz mais praticidade e comodidade ao processo. Caso não esteja em casa, procure colocar o bebê somente em trocadores impermeáveis, com uma área ampla e segura.

Fralda limpa (descartável ou de pano)

Bacia com água morna

Toalha

Saco para o lixo

Compressas (pedaços de algodão ou toalhetes próprios para limpar o bumbum do bebê)

Creme para assaduras

Antes de iniciar o processo de troca, é importante reunir todos estes materiais. Se esquecer algum produto, coloque o bebê de volta no berço, busque o produto que faltou, coloque no local de escolha e posicione o pequeno de volta no local de troca. O risco de queda é grande e real quando o recém-nascido permanece sozinho no trocador ou local sem proteção

Como trocar a fralda:

1.      Antes de tudo, lave as suas mãos!

2.      Fique sempre de frente para o bebê, para manter contato visual com a área genital.

3.      Deite cuidadosamente o bebê em cima do fraldário, e retire apenas a roupinha da cintura para baixo;

4.      Para abrir a fralda usada, retire as fitas autoadesivas, abra e levante as pernas do bebê. Feche a parte da frente contra a de trás. Caso haja cocô no bumbum do bebê, aproveite e limpe a área com uma parte da fralda suja. Com um movimento único de cima para baixo, dobre a fralda ao meio debaixo do bebê com a parte limpa para cima.

5.      A região íntima deve ser higienizada com compressas molhadas em água morna. O movimento durante a limpeza deve ser sempre na direção do genital para o ânus.

Na menina – o indicado é limpar uma virilha de cada vez e depois passar a compressa, sempre da vagina em direção ao ânus. Isso evita com que os micro-organismos presentes nas fezes contaminem o trato urinário. Lembre-se sempre de abrir bem os lábios vaginais para retirar os vestígios de sujeira e de pomada!

No menino – deve-se começar por uma virilha de cada vez e depois limpar o pênis e os testículos, terminando no ânus. Importante: nunca puxe o prepúcio para trás pois pode machucar e provocar fissuras!

6.      As compressas devem ser descartadas assim que forem utilizadas. Isso é importante para evitar sujar locais que já estão limpos;

7.      Seque a região íntima delicadamente com uma toalha ou fralda de pano.

8.      Para colocar a nova fralda, levante as perninhas do bebê e a posicione aberta embaixo do seu bumbum;

9.      Passe o creme para assadura, caso seja necessário. Lembrando que para evitar essa situação é imprescindível fazer uma boa higienização do períneo (região entre o ânus e os órgãos genitais).

10.  Feche a fralda fixando ambos os lados com as fitas adesivas.

11.  Vista a roupinha da cintura para baixo do bebê e lave novamente as mãos.

Após trocar a fralda sempre confirme se ela está bem ajustada ao corpo do bebê. A nossa dica é deixar um dedo entre a pele e a fralda para garantir que não está muito apertada!

E se eu optar pela fralda de pano?

Para usar o modelo mais moderno desta fralda, basta seguir os mesmos passos da fralda descartável, adicionando o cuidado de colocar o absorvente dentro do produto. Apesar do investimento maior no início, a fralda de pano é bastante econômica, pois é reutilizável. Além de ser bem mais sustentável e ecológica, não é mesmo?

Qual o tamanho certo da fralda?

Todas as embalagens de fraldas incluem os tamanhos indicados (Recém-nascido, Pequeno, Médio, Grande ou GG) de acordo com o peso do bebê. Ou seja, conforme o tamanho do seu filho, é possível escolher a fralda mais adequada. O pediatra passará o número exato logo na primeira consulta!

É muito importante acertar na medida, pois se a fralda estiver muito apertada será desconfortável para o bebê e se estiver muito folgada pode causar vazamentos de fezes e urina.

Quando trocar a fralda?

Além de realizar a higienização sempre que notar a fralda suja, o indicado é trocá-la, no máximo, três horas após o final de cada mamada. É bom ficar atento nos primeiros 3 meses de vida, pois o bebê geralmente faz cocô depois da refeição

Conforme a criança cresce e mama menos, a frequência de trocas também diminui.

Dica Alô Bebê

Não estoque fraldas! Muitas mamães e papais tem o costume de fazer grandes compras de fralda antes da criança nascer, ou até mesmo pedir o item em seu chá de bebê. Mas talvez essa não seja uma boa ideia! É importante lembrar que o mesmo produto que foi excelente para uma criança, pode não ser o ideal para a sua! Existem tantas opções, que a família só vai descobrir com a qual o bebê se adapta, à medida que testá-la. Vale a pena esperar um pouco para não gastar à toa!

Este conteúdo foi útil para você? Então compartilhe este texto e leve boas informações para mais mamães e papais! Desta forma, eles vão estudar e se preparar melhor para a troca de fralda! Também não perca a chance de integrar a Comunidade Alô Bebê e receber todas as nossas atualizações na sua caixa de entrada do e-mail.

Comunidade Alô Bebê
Alô Bebê
Alô Bebê Seguir

Redação - Alô Bebê

Ler matéria completa
Indicados para você