[ editar artigo]

Como tratar resfriados em bebês?

Como tratar resfriados em bebês?

Basta um ventinho gelado ou uma queda sutil na temperatura, que o nariz do bebê já começa a escorrer! Esse é um dos sinais mais famosos do resfriado, mas certamente não é o único!  Bastante comum na infância, é importante que mamãe e papai conheçam todas as características desta infecção.

Como diferenciar o resfriado da gripe

Para realizar um tratamento eficiente no seu filho, o diagnóstico deve ser certeiro! E no caso do resfriado, as mamães e os papais aprender a diferenciá-lo da gripe. Podemos dizer que a principal diferença entre as doenças é a intensidade de seus sintomas e o local das vias respiratórias afetadas.

De modo geral, na gripe os sintomas são mais intensos e no resfriado são mais leves e têm uma menor duração. Já no resfriado a região afetada é mais superior do pulmão, enquanto que na gripe, todo o pulmão pode ser afetado.

Além disso, a gripe ocorre, principalmente, durante o inverno e o contágio é muito fácil, bastando ter alguém gripado numa sala para que em pouco tempo todos sejam contaminados com a doença.

Sintomas

Os sinais mais comuns do resfriado em crianças são coriza, nariz entupido, tosse, febre e espirros. Podendo haver uma curta dor de garganta nos primeiros dias.

Em lactentes, ainda podem aparecer alguns outros sintomas como inquietação, choro, falta de apetite, vômito, dificuldades para dormir e respirar, devido à obstrução do narizinho. Em bebês maiores, dores de cabeça, nos músculos e calafrios.

As complicações de resfriados são raras, mas podem incluir exacerbação de asma e presença de infecção bacteriana associada, como sinusite ou otite.

Formas de tratamento

  • Repouso inclinado. Para dormir, coloque um travesseiro debaixo do colchão, para que a cabeça do bebê fique mais alta. Isso dará um alívio à sua respiração e diminuirá a tosse.

  • Higienização. Lave o narizinho do bebê com soro fisiológico, várias vezes ao dia. Quanto mais você higienizar, mais fluida ficará a secreção nasal e menos entupido ficará o nariz do bebê.

  • Inalação com soro fisiológico: Fazer inalação 3 vezes ao dia ajuda a fluidificar o muco, melhorando a congestão nasal e a tosse do bebê.

  • Alimentação rica em vitamina C. Os nutrientes fortalecem o sistema imunológico e combatem os sintomas do resfriado mais rápido A nossa dica é oferecer ao pequeno sucos de laranja, abacaxi, acerola, ou pedaços de morangos, por exemplo.

Dicas para prevenir resfriados

  1. Lave bem as mãos antes de se aproximar do bebê, pegá-lo no colo ou tocar nos pertences dele.

  2. Evite o contato do bebê com pessoas ou crianças que estejam resfriadas

  3. Até os seis meses de idade, prefira o aleitamento materno exclusivo – o hábito é muito importante para fortalecer o seu sistema imunológico.

  4. Se o seu filho frequenta creches ou escolinhas, sempre fique atenta ao estado de saúde dos coleguinhas de sala. Eles poderão transmitir, com imensa facilidade, resfriados ou gripe ao seu filho.  

Importante: somente um pediatra poderá confirmar se é somente um resfriado ou algo mais sério. Não deixe de falar com o médico responsável assim que notar um ou mais sintomas!

O que achou das nossas recomendações? Gostou? Então conheça a Comunidade Alô Bebê e explore todos os nossos conteúdos! São diversas dicas, informações e curiosidades que podem facilitar muito a vida pré e durante a maternidade!

Comunidade Alô Bebê
Alô Bebê
Alô Bebê Seguir

Redação - Alô Bebê

Ler matéria completa
Indicados para você