[ editar artigo]

Como saber se meu filho será destro ou canhoto?

Como saber se meu filho será destro ou canhoto?

Mamãe e papai querem sempre saber o máximo de informações possíveis sobre seus bebês. Inclusive, identificar o quanto antes se ele é destro, canhoto ou ambidestro! Mas, além de reconhecer o lado dominante do seu filho, é importante saber como ele é determinado, e até mesmo se existe uma predisposição! Confira:

Em que momento fica perceptível a escolha entre o lado direito ou esquerdo?

A partir dos 3 anos de idade a criança começa a usar com mais frequência a mão com a qual se sente mais confortável. Mas, isso não imediato e muito menos um padrão. Muitos pequenos passam por um processo de transição no qual usam ambas as mãos (ambidestros). É somente na fase de alfabetização, partir dos 7 anos, que é possível ter certeza.

Formas práticas de identificar se o seu filho é destro ou canhoto no dia a dia:

  • Na alimentação. Isso pode ser observado a partir dos 3 anos, quando a criança aprende a pegar os talheres.

  • Abrindo a porta. Geralmente um destro abre a porta para o lado direito, enquanto um canhoto abre para o lado esquerdo.

  • Abrindo um pote. Uma pessoa canhota tem a tendência de abrir tampas tentando girando para a esquerda. E as destras, girando para a direita.

  • Na hora da diversão ao ar livre, Com qual perninha ele chuta a bola? Qual braço ele arremessa?

Afinal, o que determina a lateralidade da criança?

Pesquisadores do mundo todo têm reunido evidências de que essa habilidade é em parte determinada por um componente genético. Um estudo publicado no jornal científico PLOS Genetics, por exemplo, fez uma análise genética de cerca de três mil indivíduos e concluiu que a preferência por um dos lados do corpo está relacionada a um conjunto de genes cujo comportamento é estabelecido durante o desenvolvimento fetal. Uma criança que tem um pai canhoto, tem aproximadamente 10 por cento de probabilidade de sê-lo também. No caso que seja a mãe canhota, esta probabilidade aumenta 20 por cento. E se tanto o pai como a mãe são canhotos, a criança tem a probabilidade de 50 por cento em nascer canhota.

No entanto, existem outros fatores que também explicam o porquê do filho nascer canhoto. Existem pesquisas que relacionam um alto nível de testosterona (hormônio masculino) presente no útero da mãe antes do nascimento do bebê.

Ser canhoto é normal, só não é tão comum!

Conforme já comentamos, o domínio da mão, seja direita ou esquerda, quem determina é o cérebro. Ser canhota, por exemplo, parte da natureza da criança, não sendo um hábito adquirido. Se obrigarmos qualquer pessoa a utilizar a mão menos habilitada na realização das tarefas, os resultados podem ser frustrantes para ela. A principal preocupação dos pais de um filho canhoto deve ser a adaptação dele em mundo feito na sua maioria para destros.

Cinco formas de facilitar a vida do seu filho:

  1. Se você notou que seu filho pequeno tem tendência a ser canhoto, avise a escola para que os educadores o ajudem nessa descoberta.

  2. Caso a criança esteja sendo alfabetizada, converse com a escola para que seja providenciada uma carteira adequada.

  3. Não "corrija" a criança mudando os objetos da mão esquerda para a direita. Senão ela pode ter dificuldade de aprendizado.

  4. Mesmo com poucas ofertas, compre o que for desenvolvido para ele. Alguns cuidados melhoram o desempenho escolar dessa garotada.

  5. Para manter bem a autoestima do filho, invente histórias de reis, rainhas, heróis e heroínas canhotos.

Gostou das nossas dicas? Esse conteúdo foi útil de alguma forma para você? Então compartilhe esse material! Com certeza muitas mamães e papais ainda ficam apreensivos em relação a dominância da mão esquerda, e certamente não há nenhum problema! Ela, comprovadamente, não influencia na capacidade e inteligência das crianças!

Comunidade Alô Bebê
Alô Bebê
Alô Bebê Seguir

Redação - Alô Bebê

Ler matéria completa
Indicados para você