[ editar artigo]

Como estimular o bebê a falar?

Como estimular o bebê a falar?

Coisa mais linda ver seu filho pedindo água, ou fruta, ou um brinquedo usando, para conseguir, palavras e frases, não é?

Esse momento marcante pode acontecer de maneira mais gostosa e fácil se a família estimular o bebê a falar.

Claro que não precisa forçar a barra. Mas com algumas técnicas e ideias bem simples e corriqueiras, a mãe e o pai podem ser bons mestres na arte da tagarelice.

A melhor notícia é que, em geral, os bebês adoram falar, têm prazer em vocalizar sons e, quando percebem que conseguiram algo porque disseram o nome da coisa, aí é uma farra! Ficam muito felizes e orgulhosos com seu feito.

Nós levantamos algumas dicas com fonoaudiólogos que vão estimular o bebê a falar. Os especialistas são unânimes em lembrar que – se não há nenhum problema real – cedo ou tarde as crianças soltam a língua.

Esse momento mágico começa, em geral, por volta dos dois anos. Um pouco mais ou um pouco menos é absolutamente normal.

Por isso, a ideia das dicas dos fonoaudiólogos não é apressar os processos, mas sim estimular o bebê a falar melhor, com mais prazer e de forma mais correta.

O começo

Por volta dos seis meses de vida, o bebê começa a vocalizar as primeiras sílabas. Dessa fase até que a fala esteja estabelecida, eles imitam nos sons e os movimentos que os adultos fazem; gritam; fazem brincadeiras com sons. E tudo isso se divertindo.

Com 12 meses, mais ou menos, o bebê já é capaz de balbuciar um mamãe ou papai estilizado. Estimular o bebê a falar é dar sentido para essas sílabas. Se a criança soltar um “go”, todo mundo pode comemorar o gol junto com ela.

Palavra certa

Nunca fale errado com o bebê. Por mais que pareça bonitinho, evite. A criança aprende a falar imitando os pais e as outras crianças mais velhas. Estimular o bebê a falar é oferecer a ele a melhor versão da língua materna, com sons corretos e palavras certas.

Aprender errado pode dificultar falar certo no futuro.

Voz natural

Use sempre seu tom de voz mais corriqueiro para estimular o bebê a falar. Afinar a voz, ou gritar, não ajuda e atrapalha. Falar como criança, ou imitando personagens, só quando estiverem brincando. No dia a dia, tom normal.

Olho na boca e boca no olho

Enquanto o bebê estiver vocalizando, olhe para a boca dele e, quando você estiver falando, chame a atenção do bebê para a sua boca.

Dificulte, mas só um pouquinho

Quando o bebê pedir algo falando o nome correto, ou quase isso, entregue imediatamente e comemore. Quando ele falar errado, demore um pouco mais e peça para ele repetir o que quer. É uma maneira de estimular o bebê a falar mostrar a ele que quanto mais corretamente ele nomear as coisas, melhor. Mais as pessoas entendem.

Um coral

Pergunte coisas ao seu bebê e deixe ele responder. Finja que entendeu, mesmo que seja só uma vocalização sem sentido. A entonação é tão importante quanto o conteúdo. Assim, se o bebê parece perguntar, responda como se estivesse esclarecendo algo. Se ele parece brigar, “brigue” de volta. E quando ele cantar, cante junto.

Você já passou pela experiência de estimular o bebê a falar? Como foi aí na sua casa? Conte para a gente como foram suas dúvidas e quais foram as descobertas mais legais. Basta comentar aqui no pé do post para ajudar outros pais e mães a estimular o bebê a falar!

Comunidade Alô Bebê
Alô Bebê
Alô Bebê Seguir

Redação - Alô Bebê

Ler matéria completa
Indicados para você