[ editar artigo]

Como cuidar dos dentinhos do bebê

Como cuidar dos dentinhos do bebê

Muitos pais só começam a se preocupar com os dentinhos do bebê quando a dentição está quase completa, porém nessa fase já pode ser tarde demais: cuidar da saúde bucal desde cedo é essencial para evitar problemas na gengiva e nos dentes de leite das crianças.

LEIA MAIS  - Por que manter bebês longe das telas?

Descubra tudo sobre como cuidar dos dentes dos pequenos.

Quando começar a cuidar dos dentinhos?

Os cuidados com os dentes do bebê podem começar antes de nascerem, de acordo com os hábitos alimentares do pequeno. Nas crianças que só tomam o leite materno, pode-se esperar até o surgimento do primeiro dente para começar a desenvolver uma rotina de higiene bucal, porque esse alimento tem anticorpos que não devem ser removidos imediatamente da boca do bebê; além disso, ele tem propriedades que previnem o aparecimento de cáries.

Já crianças que tomam algum substituto para o leite materno ou já têm contato com outras comidas devem fazer a limpeza da gengiva. Para isso, os pais podem envolver um dedo com uma gaze embebida em água filtrada ou soro fisiológico e massagear a gengiva com delicadeza, tendo sempre em mente que essa região é sensível e deve ser tratada com cuidado.

Os substitutos do leite materno podem deixar a saliva mais ácida e causar problemas bucais, por isso a limpeza da gengiva é essencial para o bem-estar dos futuros dentinhos do bebê.

Como escovar os dentes do bebê?

Pediatras recomendam que o bebê fique com as costas viradas para o adulto, para que a cabeça tenha sustentação e apoio, e que os dentes sejam escovados em movimentos circulares na parte frontal e traseira. Depois, a boca pode ser enxaguada com água ou, se preferir, pode até ficar sem enxaguar.

Quando o bebê tem mais dentes e eles já estão um ao lado do outro, é possível começar a usar o fio dental, sempre com a ajuda de um adulto e muito cuidado para não machucar a gengiva.

Quais são os produtos ideais para o bebê?

Existem muitos produtos no mercado que prometem cuidar do sorriso do seu filho da melhor forma possível. Nem todos eles são realmente necessários para uma boa limpeza, mas alguns podem facilitar a vida dos pais e garantir a saúde bucal das crianças.

Luvas especiais de limpeza, por exemplo, substituem a gaze utilizada para limpar a gengiva que ainda não tem dentes. Já a escova de dentes deve ser apropriada para a idade, com cerdas macias e resistentes que não se soltem durante a limpeza, além de pontas arredondadas para evitar lesões.

Alguns modelos de escova para crianças trazem outras vantagens, como trava de segurança que impede que a ponta da escova chegue muito fundo na boca, massageadores para aliviar a pressão provocada pelo nascimento dos dentes e até mesmo uma faixa que indica quanto creme dental deve ser usado.

LEIA MAIS  - Tudo o que você precisa saber sobre a gravidez molar

Falando em pasta de dente, não é necessário comprar produtos específicos para crianças e que não tenham flúor, porque os pequenos também precisam dessa substância para prevenir o aparecimento de cáries. O segredo é apenas a quantidade: utilize apenas um pouco do creme, na quantidade necessária, do tamanho de um grão de arroz cru.

Quando a criança pode escovar sozinha?

Cuidar dos dentes das crianças é necessário, mas o mais importante é fazer com que elas criem esse hábito sozinhas e tenham vontade de cuidar do sorriso mesmo depois de os pais deixarem de fazer o serviço. A partir dos 5 anos de idade, a criança já tem a coordenação motora necessária para fazer a escovação, porém é possível que ela ainda precise ser estimulada a manter uma boa higiene bucal.

Cuidar dos dentes garante um sorriso mais bonito e uma saúde de ferro. Cultive esse hábito na sua família.


Você gostou dessas dicas? Então compartilhe-as em suas redes sociais.

Comunidade Alô Bebê
Alô Bebê
Alô Bebê Seguir

Redação - Alô Bebê

Ler matéria completa
Indicados para você