[ editar artigo]

Alimentação durante a amamentação: o que comer e o que evitar

Alimentação durante a amamentação: o que comer e o que evitar

O leite materno é o primeiro alimento que consumimos, e não poderia ser melhor: rico em proteínas e anticorpos, ele leva os nutrientes da mãe para o bebê, garantindo a saúde da criança nos primeiros anos de vida. Amamentar seu filho faz com que ele tenha um bom sistema imunológico e estimula seu desenvolvimento.

LEIA MAIS  - Almofadas de amamentação: valem a pena – e como escolher a mais adequada?

Por isso, a alimentação durante a amamentação precisa ser completa. Quando a mãe está bem alimentada, tanto ela quanto o bebê se mantêm fortes e saudáveis, preparados para a nova rotina que está começando.

Confira a seguir algumas dicas de como ter uma ótima alimentação durante a amamentação.

Alimentos proibidos

Um dos cuidados que as mães devem ter durante a amamentação é com o consumo de alimentos proibidos ou contraindicados que podem dificultar a lactação ou causar mal-estar no bebê.

Fique atenta aos seguintes alimentos:

Aspartame

O aspartame está presente em alguns adoçantes e, como pode fazer mal para os bebês, é proibido na gestação e no período de amamentação. Mulheres que quiserem utilizar adoçantes podem optar pela sucralose ou preferir ingredientes naturais, como mel e agave.

Bebidas alcoólicas

Bebidas alcoólicas de todos os tipos são contraindicadas nesse período porque, além de serem passadas para o bebê pelo leite materno, diminuem a absorção de nutrientes, deixando a mãe mais fraca.

Cafeína

A cafeína, presente no café, em chás, refrigerantes e energéticos, não é proibida, mas deve ser consumida com moderação. Essa substância pode deixar os bebês mais irritados e com dificuldades para dormir.

Alimentos que causam gases

Feijão, brócoli, repolho, batata-doce e outros são alimentos que estimulam a produção de gases podem causar cólicas no bebê após a amamentação.

Alimentos que ajudam a amamentar

Alguns alimentos ajudam a manter tanto a mãe quanto o bebê saudáveis no período de amamentação e promovem mais qualidade de vida para toda a família.

Água e sucos naturais

O leite materno é composto principalmente por água (em torno de 85%), por isso garantir a hidratação da mulher é o melhor caminho para assegurar a produção de leite materno. Beber bastante água ao longo do dia e até durante a amamentação em si garante hidratação e bem-estar também para o bebê.

LEIA MAIS  - Amor em dose dupla: veja como fazer a amamentação de gêmeos

Sucos naturais, chás e outras bebidas sem conservantes, sem álcool ou cafeína também podem entrar nessa conta. Os sucos, especialmente, ajudam a mãe a absorver todos os nutrientes necessários no dia a dia.

Alimentação balanceada

Mulheres que acabaram de dar à luz não podem se abster de uma alimentação balanceada, com mais calorias do que costumavam consumir. Isso porque a amamentação e os cuidados com o bebê exigem muita energia. Tomar café da manhã, almoçar e jantar é essencial, mas é importante consumir alguns lanches ao longo do dia para manter os níveis de energia.

O mais importante é que essa alimentação seja saudável, com o consumo de frutas, legumes e verduras que garantam os nutrientes necessários para a saúde da mãe e do bebê. Carnes magras e ovos aumentam os níveis de proteína, ajudando na lactação, e carboidratos integrais auxiliam na digestão e dão mais energia.

LEIA MAISTudo o que você precisa saber sobre amamentação

As refeições durante o período de amamentação devem ser balanceadas e saudáveis, mas isso não significa que a nova mamãe não possa comer doces ou alimentos industrializados uma vez ou outra. O importante é priorizar o que for natural e saudável no dia a dia, para garantir a própria saúde e a do bebê.

 

Como está sua alimentação após a gravidez? Compartilhe com a nossa comunidade.

Comunidade Alô Bebê
Alô Bebê
Alô Bebê Seguir

Redação - Alô Bebê

Ler matéria completa
Indicados para você