[ editar artigo]

7 dicas para fazer um diário de gravidez

7 dicas para fazer um diário de gravidez

O período entre a descoberta da gravidez e o dia da chegada do bebê é bastante especial para a mãe, que muitas vezes gostaria de guardar melhor as memórias do que vivencia. Com um diário da gravidez, isso fica bastante fácil e divertido; pensando nisso, reunimos algumas dicas para que você possa ter um sem gastar muito e registrar essas recordações.

LEIA MAISPor que a gravidez é contada em semanas?

O diário de gravidez pode conter várias informações, como mudanças no corpo da mulher, lembretes de exames e seus resultados, planos para o chá de bebê, fotos das fases da gestação e informações sobre o desenvolvimento do bebê.

1) Escolhendo o diário

O primeiro passo para criar o seu diário de gravidez é definir a superfície usada para escrever. Uma boa sugestão é escolher um caderno ou uma agenda de capa dura e páginas sem pautas. Isso dá maior liberdade na hora de criar, permitindo que cada página tenha um visual único e que faça sentido para o conteúdo criado para aquele dia.

Você também pode escolher um caderno comum e personalizá-lo, usando papel de presente, scrapbook, cola, tesoura, recortes, fitas, laços, botões. Faça do diário algo totalmente seu, dando o seu toque especial.

2) Divida o diário em três partes

Um bom jeito de organizar o seu diário é dividindo-o em três partes, cada uma para um trimestre da sua gravidez. Dessa forma, você consegue planejar algumas coisas, tendo uma noção real da evolução do seu projeto enquanto ocorre o crescimento do seu bebê.

3) Crie uma linha de tempo

Depois de dividir seu diário, tente criar uma linha de tempo no sentido de marcar as datas especiais do seu período de gravidez. Quando você descobriu que estava grávida, o momento em que a novidade foi revelada para a família, a primeira visita ao médico... Enfim, é interessante marcar com datas todos os momentos especiais da gestação para você recordar depois.

LEIA MAISPor que as futuras mamães sentem tontura na gravidez?

4) Escreva mais sobre você

O período de gestação mexe bastante com a visão do mundo que a futura mãe tem. É interessante escrever, junto da linha do tempo, seus pensamentos, o que você espera para a vida do seu bebê, sua perspectiva conforme a gestação avança, para depois notar o quanto essa mudança alterou a sua forma de viver.

5) Tenha um horário para atualizar o diário

Apesar de ser um projeto relativamente simples de tocar, um diário de gravidez pode acabar ficando em segundo plano devido a outros afazeres da sua vida. Isso deixa acontecimentos passarem sem registro e, depois de um tempo, eles são esquecidos.

Por isso, é interessante tentar criar uma espécie de agenda para quando for atualizar o seu diário. Pode ser um horário no final do dia ou no começo dele; busque programar um momento para focar nesse projeto, nem que seja por apenas 15 minutos.

6) Lista de nomes

A escolha de um nome para o seu bebê pode ser bastante complicada. Pensando nisso, você pode separar um trecho do seu diário de gravidez para reunir possíveis nomes para o seu filho ou filha.

Você pode escrevê-los e explicar ao lado por que os colocou ali; assim, quando for decidir como seu bebê vai se chamar, já terá registrada a motivação.

7) Ideias para decoração e chá de bebê

Outra ideia similar à da lista de nomes é reunir possíveis decorações para o quarto e do chá de bebê. Você pode utilizar recortes de revisas, mudar o visual das páginas para tentar desenhar como seria o quarto ideal da criança, o que precisa ser organizado para o chá de bebê, o que você ainda precisa ter e pedir, entre outras informações.

LEIA MAISComo cuidar do descolamento de placenta durante a gravidez?

Essas são apenas algumas possibilidades de uso para o seu diário de gravidez. Gostou? Então compartilhe o conteúdo nas suas redes sociais; dessa forma, podem surgir outras ideias de registros desse período tão especial.

TAGS

Gravidez

Comunidade Alô Bebê
Alô Bebê
Alô Bebê Seguir

Redação - Alô Bebê

Ler matéria completa
Indicados para você